Serena Williams, que há um mês perdeu a liderança do ranking mundial para alemã Angelique Kerber, anunciou esta segunda-feira que vai falhar o Masters feminino, prova que reúne anualmente as oito melhores da época.

"Olá a todos em Singapura. Estou realmente muito triste por não poder disputar o Masters. Tem sido um ano muito difícil por causa dos problemas nos ombros. O meu médico insiste para que permaneça em casa a tentar recuperar do problema", justificou a norte-americana numa nota publicada no twitter oficial do WTA.

A campeã de 22 Grand Slam já tinha abdicado de dois torneios da China depois de ter sido eliminada nas meias-finais do Open dos Estados Unidos, quarto e último major do ano.

Foi precisamente a eliminação em Nova Iorque que 'desalojou' da norte-americana da liderança do ranking, que ocupava há 186 semanas consecutivas.

Este ano, Williams venceu apenas um torneio do Grand Slam, em Wimbledon e, depois disso, ficou bastante condicionada pelos problemas nos ombros, que comprometeram um dos seus grandes objetivos do ano: conquistar a quinta medalha de ouro olímpica nos Jogos Rio'2016 (foi eliminada logo na terceira ronda).

Autor: Lusa