João Sousa, número um português e 34.º ATP, garantiu a qualificação para os quartos-de-final do ATP 250 de São Petersburgo pela terceira vez na carreira e no final do encontro admitu as dificuldades de defrontar alguém da qualidade do jovem russo Andrey Rublev, ex-número um mundial de juniores, de apenas 18 anos.

"Estou muito contente com esta vitória, foi suada frente a um jogador que é muito agressivo e gosta de jogar ao ataque. Foi exigente a nível físico e psicológico. Estive bem mentalmente. No terceiro set aproveitei o ponto de break que tive e isso ditou o desfecho do encontro", confessou em declarações difundidas pela sua assessoria de imprensa. 

O vimaranense defronta agora esta sexta-feira nos quartos-de-final o espanhol Roberto Bautista Agut, número 16 ATP, e espera naturais dificuldades. "Amanhã vou dar tudo por tudo para vencer os quartos-de-final diante de Roberto Bautista Agut."

Autor: José Morgado