O piloto francês Sebastien Ogier (Volkswagen) ficou este sábado a um ponto do quarto título consecutivo no Mundial de ralis depois do abandono do norueguês Andreas Mikkelsen, colega de equipa, do Rali da Catalunha.

Um problema mecânico no depósito do combustível forçou Mikkelsen da abandonar a prova na 12.ª especial, quando seguia na 3.ª posição.

Com a desistência de Mikkelsen, Ogier ficou a 'milímetros' do quarto título consecutivo, embora o belga Thierry Neuville (Hyundai) mantenha ainda hipóteses matemáticas de acabar com a hegemonia do francês.

Para isso, Neuville, que subiu a 3.º na Catalunha, após a desistência de Mikkelsen, tem de vencer a prova espanhola, mais as duas etapas que restam, na Grã-Bretanha e na Austrália.

Além dos triunfos, o belga teria também de ganhar as 'power stage' das corridas, que oferecem 3 pontos de bónus.

À partida para o Rali da Catalunha, Ogier somava 195 pontos, à frente de Mikkelsen (127) e Neuville (112).

Autor: Lusa