Nas últimas semanas virou moda a onda de 'palhaços sinistros' que está a assustar as populações e a preocupar as autoridades. Os ataques começaram nos Estados Unidos mas já ultrapassaram fronteiras - ainda na última quinta-feira a polícia sueca divulgou que um homem foi esfaqueado por um atacante mascarado de palhaço. Questionado sobre o assunto, o lutador irlandês Conor McGregor deixou um aviso: "não cheguem perto de mim"... ou poderão não ficar muito bem tratados. 

"Arrancava a cabeça de um com uma chapada", começou por dizer o campeão mundial de peso-plumas, em entrevista à pagina de Facebook 'The LAD Bible'.  

"Se vir uma pessoa aos pulos e a gritar à minha frente com uma máscara de palhaço, dou-lhe uma chapada, arrancou-lhe a máscara e enfio-lha no cu. Que m... é esta? Já ouvi dizer que houve pessoas esfaqueadas. Isto é uma estupidez... Só não cheguem perto de mim vestidos de palhaço. Aliás, não chegue perto de mim, ponto. Aproximem-se de mim e eu bato-vos", admitiu o lutador irlandês.



Autor: Marta Correia Azevedo