O norte-americano Tyson Gay está de luto pela morte da filha, Trinity, que foi este domingo baleada durante um tiroteio junto a um restaurante em Kentucky, nos Estados Unidos.

A jovem de 15 anos, que também preparava uma carreira no atletismo, terá sido apanhada no fogo cruzado entre dois carros, sendo ainda levada para o hospital, onde acabou por falecer.

Autor: Luís Miroto Simões