O britânico Mo Farah e a espanhola Ruth Beitia foram eleitos atletas europeus do ano durante a gala da Federação continental de atletismo (AEA), que decorreu este sábado, no Funchal.

Mo Farah, que revalidou os seus títulos olímpicos nos 5.000 e 10.000 metros e foi o europeu mais rápido nos 1.500, 3.000, 5.000, 10.000 metros e meia maratona, foi considerado o atleta do ano.

O britânico superou o italiano Gianmarco Tamberi, campeão europeu do salto em altura, e o alemão Thomas Rohler, campeão olímpico do lançamento do dardo.

Ruth Beitia, campeã olímpica de salto em altura no Rio2016, bateu a grega Ekaterini Stefanidi, campeão europeia e olímpica no salto com vara, e a polaca Anita Wlodarczyk, imbatível esta temporada e campeã europeia e olímpica no lançamento do martelo.

Na AEA elegeu também como promessas do ano o alemão Max Hess, campeão da Europa do triplo salto, e a belga Nafissatou Thiam, campeã olímpica do heptatlo no Rio2016.

Os vencedores foram escolhidos através dos votos de adeptos europeus, representantes dos meios de comunicação, das federações europeias e de um painel de especialistas.

Autor: Lusa