Já se passaram oito anos desde que o Benfica foi campeão, sob a batuta do treinador Aleksander Donner, mas a história não se apaga. E João Florêncio Júnior, então adjunto do técnico com mais títulos conquistados em Portugal, recordou com emoção o seu regresso à Luz, que vai consumar-se hoje (20h00) com a visita do Belenenses, em partida da 4ª jornada da primeira fase do Campeonato.

"É curioso, porque já trabalhei com grande parte dos jogadores que vou encontrar, quer no Belenenses – Elledy Semedo, Hugo Figueira ou Belone Moreira –, quer no Benfica, com João Pais, por exemplo. Conheço bem grande parte destes internacionais e sei que vão querer dar a volta por cima, depois de terem sofrido a primeira derrota frente ao FC Porto", considerou João Florêncio Júnior.

O técnico sabe que vai ser um clássico difícil, apesar de o Belenenses estar motivado depois de ter alcançado na pretérita jornada a primeira vitória, na receção ao Maia ISMAI: "Vamos tentar contrariar o poderio do Benfica, um candidato ao título, enquanto o Belenenses tem uma equipa muito jovem em construção. Mas também temos ambição", sustentou Florêncio.


Em declarações à BTV, o espanhol Mariano Ortega, treinador do Benfica, mostrou que está de sobreaviso: "O Belenenses é uma equipa muito intensa. Vimos de uma derrota e agora temos de fazer um bom jogo. Vai ser difícil, é uma equipa muito equilibrada e não esperamos facilidades mas queremos jogar bem."

Dada a participação do ABC na Liga dos Campeões, o jogo grande da jornada, o clássico entre a turma minhota e o Sporting, foi adiado para dia 28.

Já o FC Porto tem tudo para se isolar à condição na liderança do Campeonato, sendo grande favorito na visita a Avanca. Destaque ainda para a receção do Águas Santas ao Madeira SAD, duas equipas candidatas ao apuramento para a fase final.

Também para as 21h00 estão agendados o Boa Hora-Arsenal, AC Fafe-São Mamede e Maia ISMAI-Sp. Horta.

Autor: Alexandre Reis