Em destaque no Bayer Leverkusen, o avançado mexicano Chicharito chamou a atenção dos responsáveis do Real Madrid, equipa que agora estará a ponderar a possibilidade de garantir o seu retorno ao Santiago Bernabéu, no qual jogou em 2014/15, na altura por empréstimo do Manchester United.

A hipótese foi levantada por Santiago Aguado e Manuel Cerezo, dois elementos da Junta Diretiva, que deixaram elogios ao dianteiro de 28 anos e consideraram que o seu regresso é possível. "Sim, claro. Gostava que regressasse, porque acreditamos que é um grande jogador", admitiu Aguado, à FOX Sports. Quanto a Cerezo, seguiu o mesmo raciocínio: "Esteve aqui no Real Madrid. Não é que não tenha triunfado, mas todos os jogadores precisam de adaptação, de tempo e, claro, no Real Madrid é sempre necessário fazer tudo de hoje para amanhã. Teve a chance de ir para o Bayer e está a fazer tudo muito bem", elogiou.

Em Madrid, recorde-se, Chicharito apontou nove golos em 33 encontros, ao passo que em Leverkusen, clube ao qual chegou a troco de 8,1 milhões de euros, soma 33 tiros certeiros em 49 encontros.

Autor: Fábio Lima