Sempre que se fala no futuro de Pierre-Emerick Aubameyang, o nome do Real Madrid é um dos que primeiro surge, especialmente devido à ligação que o gabonês tem aos merengues em face de uma promessa que fez ao seu avô. Agora, os merengues voltaram a ser falados, mas por dirigentes do próprio clube alemão, que mesmo assim deixam claro que não deixarão sair o dianteiro, de 27 anos, facilmente.

"Se o Real Madrid vier, falaremos, mas não será fácil. A sua transferência não se dará de forma automática. Queremos que fique connosco. Ao contrário de outros jogadores que sairam recentemente, o Aubameyang tem um contrato longo, até final de 2020. Não há nenhuma pressão sobre isso e nem tenho a impressão de que queira sair", assegurou Hans-Joachim Watzke, diretor geral do clube, à estação televisiva Sky.

Recorde-se que o avançado gabonês será uma das armas do Borussia Dortmund esta terça-feira, no encontro com o Sporting, referente à jornada 3 do Grupo F da Liga dos Campeões, uma partida que poderá seguir em direto no nosso site.

Autor: Fábio Lima