A carreira futebolística de Ronaldo ficou marcada por vários episódios caricatos: os atrasos, as multas, as brincadeirinhas no balneário, as festas de arromba e muito mais. E por falarmos em festas ficámos agora a saber que havia quem ficasse de fora porque não tinha o perfil adequado.

"Em Madrid não levava Zidane às festas de ano porque era muito tranquilo", revelou o Fenómeno durante o programa 'El Transistor' da Onda Cero, no qual também foi entrevistado Roberto Carlos.

Ronaldo descreveu o agora treinador do Real Madrid como "um tipo fenomenal" e acrescentou que nunca esquecerá o facto de o francês o ter visitado num hospital em Paris quando se lesionou gravemente.


Autor: Sandra Lucas Simões