O futebolista brasileiro Sidnei, do Deportivo, que já representou o Benfica, contraiu um hemotórax no jogo com o Barcelona e os médicos do clube galego decidiram que não viajasse para a Corunha para preservar a sua saúde.

Sidnei lesionou-se na disputa de bola com o uruguaio Luis Suárez, aos 11 minutos, que o deixou combalido e agarrado ao tórax e, apesar de continuar em campo depois de assistido, viria a ser substituído aos 28 por Alejandro Arribas.

Ainda no balneário do Deportivo, e após um primeiro exame, os médicos da equipa da Corunha concluíram que Sidnei sofreu um hematoma com suspeita de sangue na cavidade pleural.

"Para preservar a saúde do jogador, os serviços clínicos do clube decidiram que Sidnei ficaria a pernoitar em Barcelona, acompanhado pelo médico Ramón Barral, poupando-o à viagem de regresso à Corunha com o resto da equipa", refere o clube.

O jogador permanece em observação e irá realizar nos próximos dias exames suplementares de diagnóstico para atestar da sua condição física.

O Barcelona venceu o Deportivo por 4-0, com dois golos do brasileiro Rafinha, aos 21 e 36 minutos, do uruguaio Luis Suárez, aos 43, e do argentino Lionel Messi, aos 58.

Autor: Lusa