As revelações de Rob Beasley no livro 'José Mourinho: Up close and personal' prometem fazer correr rios de tinta. O jornalista adianta alegadas confidências do treinador sobre aspetos profissionais, mas vai mais longe ao relatar reações que dizem respeito à esfera privada, como uma que se terá passsdo em Los Angeles, por causa da atriz Jennifer Aniston.

O Chelsea, na altura o clube em que Mourinho trabalhava, estava em digressão de pré-temporada nos Estados Unidos quando, num hotel de Beverly Hills, se deu o encontro que deixou o português quase "sem palavras".

Beasley escreve que estava sentado ao lado de Mourinho, com este a contar-lhe as férias que passara no Brasil, quando foram interrompidos pela chegada da atriz, que deixou toda a comitiva do Chelsea de "queixo caído", segundo uma passagem do livro, citada pelo jornal 'Daily Mail'.

Autor: António Espanhol