Leonardo Jardim lamentou esta quinta-feira a ausência de Radamel Falcão e criticou a arbitragem no lance que resultou na lesão do avançado, no encontro de quarta-feira com o Nice (4-0), da sexta jornada do campeonato francês.

"Os árbitros têm que sancionar este tipo de gestos. Para mim é cartão vermelho. Em muitos países, seria vermelho. Mais parecia um lance de râguebi. Estou surpreendido que a falta tenha sido assinalada contra nós", afirmou Leonardo Jardim em conferência de imprensa.

Falcão continua em observação no hospital, devido à concussão cerebral, depois de um lance em que chocou violentamente com o guarda-redes do Nice.


Os exames realizados ao colombiano não mostram qualquer problema grave, mas, seguindo o protocolo médico, o antigo jogador do FC Porto continua em observação.

O regresso de El Tigre à competição dependerá da avaliação do neurologista que acompanhou a situação do avançado, que já no início da época esteve afastado dos relvados durante um mês devido a uma lesão muscular.

Com Ricardo Pereira no onze inicial, o Nice goleou o Mónaco, por 4-0, e isolou-se na liderança do campeonato, retirando o comando à equipa do principado, pela qual João Moutinho e Bernardo Silva alinharam de início.

Autor: Lusa