A tarde não podia ter corrido melhor a João Virgínia. Poucos dias depois de ter assinado o primeiro contrato profissional pelo Arsenal, o jovem internacional sub-17 ajudou a equipa dos londrinos na Liga Jovem da UEFA, ao manter a baliza a zeros no triunfo frente ao Ludogorets (3-0). Tratou-se da estreia do talentoso guarda-redes na competição e, mesmo que os búlgaros muito tenham tentado, nada passou por Virgínia.

Após ter sido suplente não utilizado diante de Paris Saint-Germain (0-0) e Basileia (1-2), João Virgínia, ele que fez a formação ao serviço do Benfica, destacou-se em Londres, enquanto continua a merecer muita atenção e elogios por parte da imprensa inglesa, que o aponta como um dos talentos mais promissores da academia dos gunners.

Enquanto Virgínia manteve a baliza a zeros, a responsabilidade de marcar caiu sobre Nelson (3') e, especialmente, sobre Nketiah, autor de um bis (81' pen e 87').

Autor: Pedro Gonçalo Pinto