A Premier League é o campeonato que mais dinheiro movimenta a nível global, com salários absolutamente brutais para as grandes estrelas, mas também vencimentos relativamente simpáticos para os jogadores medianos, sempre na ordem dos (muitos) milhares de euros mensais. Contudo, no campeonato inglês há também salários bem baixos, bastante baixos até para a realidade do país.

Um deles é o de Josh Tymon, que aos 17 anos deverá este sábado estrear-se pelo Hull City, diante do Stoke. Chamado de urgência em face do afastamento de Andy Robertson, o jovem defesa prepara-se então para jogar entre a elite, mas com um salário de... amador. É que, segundo o 'The Sun', Tymon ganha apenas 160 libras por semana (179 euros), um valor que ao final do mês corresponde a pouco mais de 700 euros. Um vencimento que se explica pelo facto de o jogador ainda ter contrato de formação, mas que, mesmo assim, lhe valerá o estatuto de um dos jogadores mais mal pagos a jogar na Premier League.

O 'The Sun' faz ainda uma comparação curiosa com Joe Allen - ganha 83,9 mil euros semanais -, a principal estrela do Stoke, que num só dia ganha mais do que aquilo que Tymon aufere... num ano.

Autor: Fábio Lima