As lesões não largam Leandro Romagnoli. O médio argentino de 35 anos do San Lorenzo, que fez 120 jogos ao serviço do Sporting, foi operado no início desta semana ao joelho direito, naquela que foi a 6ª intervenção cirúrgica na sua carreira. Ídolo dos adeptos do emblema argentino, a situação delicada de Pipi está a gerar uma enorme onda de solidariedade, fazendo pressão para a direção do clube de Almagro manter o jogador nas suas fileiras. Como o médio deverá ficará de fora do relvado entre dois a três meses, será muito difícil o jogador voltar a jogar pelo San Lorenzo, já que o seu contrato termina em dezembro.

Ora, o presidente Matías Lammens está sensibilizado com esta situação e já prometeu que vai prolongar o vínculo a Romagnoli. "Se algum treinador chegar e disser que não conta com Pipi, eu digo logo para esquecer isso. O facto de o contrato terminar em dezembro é uma mera formalidade. Ele tem carta aberta para continuar. Tomámos a decisão de tomar conta de todos os nossos ídolos. Romagnoli ama o San Lorenzo e merece o nosso respeito", confirmou o líder do clube.

Autor: Diogo Jesus