A aventura de Carlo Ancelotti no Bayern Munique não podia estar a correr melhor, visto que os bávaros somam por vitórias todos os jogos oficiais disputados até ao momento. Em entrevista ao L'Equipe, o treinador italiano relembra a passagem pelo Real Madrid, entre 2013 e 2015, e revela que o seu destino... podia ter sido outro.

Após a saída dos merengues, seguiu-se um interregno de uma temporada, mas diz o técnico que o futebol... não parou. "Não deixei de ver futebol. Estive no Canadá, precisava de relaxar, aproveitei para pescar e correr", começou por dizer, revelando que se podia ter reecontrado com o Milan, equipa que orientou de 2001 a 2009. "Podia ter regressado ao Milan na última época, mas pensei que seria bom fazer uma paragem", sublinhou.

Entre Bayern Munique e Real Madrid, Ancelotti confessa que são "clubes semelhantes", onde a única diferença é o facto de os merengues serem treinados por um ex-futebolista - Zinèdine Zidane - o que "lhe permite entender melhor o que acontece em campo".

"Zidane tem o carisma e o respeito dos jogadores. Já o tinha notado quando era meu assistente, é essa a chave. Os jogadores tiveram problemas com Benítez e quando chegou Zizou tudo mudou. Os jogadores estão com ele", rematou Ancelotti.



Autor: Ricardo Granada