Gerard Piqué assegurou esta terça-feira que a decisão de deixar a seleção após o Mundial'2018 está "tomada" e justificou que merece sair "como e quando quiser". O jogador do Barcelona criticou o que se passou nas redes sociais, citando 'As', 'Marca' e a "marioneta de Florentino Pérez". Mas afinal de quem é que estava a falar o central?

Gerard Piqué referiu-se a Eduardo Inda, diretor do jornal online 'OK diario' e antigo responsável máximo de a "Marca", que também é comentador no programa 'El Chringuito de Jugones'.

Quando Piqué anunciou que a decisão de deixar a seleção espanhola após o Mundial'2018, Eduardo Inda comparou, no 'El Chringuito de Jugones', essa posição a "um anúncio da separação com a noiva ou mulher a dois anos de distância". O jornalista acrescentou ainda que o central se estava a "rir de 47 milhões de espanhóis".

Autor: Sandra Lucas Simões