Quando José Mourinho lançou Rashford frente ao Northampton, aos 55 minutos, provavelmente já sabia que estava a apostar num... talismã. Tudo porque o avançado inglês, de 18 anos, deixou uma marca especial em quase todas as estreias na carreira. E, frente ao Northampton, para a Taça da Liga, voltou a fazê-lo.

Depois de ter bisado na estreia na Liga Europa, frente ao Midtjylland; marcado no primeiro jogo que fez na Premier League, contra o Arsenal; faturado no primeiro dérbi frente ao Manchester City; e feito um golo nas estreias pelos sub-21 de Inglaterra e seleção principal, Rashford parece mesmo ter sido feito para deixar a sua marca logo a abrir. A única competição em que não marcou no primeiro jogo que realizou foi a Taça de Inglaterra, num 0-0 em Old Trafford com o West Ham.

Mas fê-lo logo no jogo de repetição, ainda na época passada, ao inaugurar o marcador em casa dos hammers. Resta agora saber se manterá o estatuto de talismã quando se estrear um dia na... Liga dos Campeões.

Autor: Hugo Neves