/futebol/nacional/
Siga-nos em: ||| Diário especializado em desporto. Diretor: João Querido Manha
Miguel Quaresma sucede a João Alves
NOVO TÉCNICO FICA PELO MENOS ATÉ DIA 29
terça-feira, 4 novembro de 2003 | 01:41
Autor: JOÃO PAULINO
 

O Estrela da Amadora tem novo técnico, pelo menos até dia 29, data das eleições do clube tricolor. Miguel Quaresma, que pertence aos quadros do clube (é responsável pela formação de juniores), sucede a João Alves, que ontem, ao fim da manhã, estabeleceu com a Direcção demissionária um acordo mútuo para a rescisão.


Em conferência de Imprensa realizada algumas horas depois de consumada a saída de João Alves (já nem ministrou a sessão de treino realizada na parte da tarde), Carlos Franco, presidente demissionário em exercício, afirmou a existência da "situação de compromisso", observando faltar ainda "formalizar" o acordo.


Justificando o divórcio por "as condições presentes não serem as melhores", o dirigente, que garantiu a continuidade de Valter Onofre, José Vilaça e Carlos César (Pedro Barny ainda não tem a situação definida), aludiu ao facto de João Alves "não ter sido feliz", esperando que Miguel Quaresma, a opção até dia 29 (se Franco não continuar nos órgãos sociais), possa "alterar a situação". "Há ainda muito campeonato", disse.


Novo técnico confiante


Apresentado no final do treino da tarde de ontem (depois de uma conversa com o plantel), Miguel Quaresma afirmou acreditar na inversão da tendência negativista da equipa, que ocupa a derradeira posição da SuperLiga, com apenas quatro pontos.


"Estou convicto que os resultados vão mudar", referiu, frisando que acredita que "a equipa, que tem forte sentido de grupo, tem possibilidades de fazer melhor".


Miguel Quaresma, que se estreia como treinador principal na SuperLiga (há quase 16 anos que está no E. Amadora, percurso interrompido somente em 2001/02, tendo sido adjunto de Jorge Jesus no V. Setúbal), inicia o trabalho hoje de manhã, estando privado de Júlio César, que se apoia numa canadiana. O brasileiro sofreu uma lesão no joelho esquerdo e vai estar parado entre duas a três semanas.


O sobe-e-desce de um treinador de futebol


Em duas épocas consecutivas na SuperLiga, João Alves deixa o cargo praticamente na mesma altura. Na temporada passada orientou a Académica (que levara de regresso ao escalão principal) até à 12ª jornada, sendo então substituído por Artur Jorge. Na fase final da época, assumiu os destinos do Estrela da Amadora. E a história repetiu-se...


Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Partilhar:
URL:
 
Pub
Partilhar
Gostou desta notícia?  Votação: 0
 
Algum erro na notícia?  Envie-nos a correção
 


Quem se apresenta, para já, em melhores condições para conquistar a Liga?

Copyright © . Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Edisport, S.A. , uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina. Consulte as condições legais de utilização.

Clicar para abrir layer Pretty Clicar para abrir layer Pretty