O V. Guimarães está pressionado a vencer em Moreira de Cónegos depois de ter conquistado apenas um ponto nas duas últimas jornadas. No Dragão, o FC Porto fez valer o seu favoritismo e superioridade, mas na recente receção ao Belenenses os homens de Pedro Martins até dominaram e só não conseguiram materializar em golo todas as oportunidades criadas. Diante do Moreirense, a eficácia do trio de ataque será posta à prova. Marega, Soares e Hernâni foram as armas lançadas na última jornada. Os azuis do Restelo viram-se e desejaram-se para os travar, como comprovam os 15 remates. Destes, apenas cinco foram enquadrados e, como se sabe, só um deles entrou. A pontaria não foi a melhor e o erro de marcação numa bola parada ditou mesmo o empate final.

Duas semanas antes, o Vitória também tinha permitido golos ao P. Ferreira (e logo três!), mas naqueles 90 minutos o ataque teve o ‘fogo’ de que um candidato à Europa tanto precisa. Dos dez remates, metade foram à baliza… e daí resultaram cinco golos!

Será esse acerto e serenidade que Pedro Martins tanto deseja para o dérbi do próximo fim de semana. O campeonato ainda agora começou, mas todos os pontos perdidos podem ser importantes nas contas finais.

Autor: Ricardo Vasconcelos