Dois meses depois de ter visto o seu regresso a Guimarães oficializado, Bernard parece estar finalmente preparado para integrar o onze do Vitória. Neste início de época, o médio ganês foi várias vezes opção para Pedro Martins, tendo atuado em cinco jogos do campeonato, sempre na condição de suplente utilizado. A verdadeira prova surgiu no passado domingo, perante o Santa Iria, num jogo a contar para a Taça de Portugal. Bernard foi pela primeira vez titular desde o regresso a Portugal e superou o teste com nota positiva, ao apontar um dos golos do triunfo em Sacavém (2-1).

Com isto, e depois de já ter marcado três golos em dois jogos-treino realizados durante o recente hiato competitivo, Bernard pode ser a principal novidade no onze do Vitória que vai jogar em casa do Estoril, no próximo sábado. É que este momento em crescendo do ganês surge precisamente numa altura em que Hurtado parece estar a perder o fulgor com que iniciou a época. Isto pode levar Pedro Martins a trocar de criativo, optando por Bernard para atuar no vértice mais ofensivo do triângulo do meio-campo, à frente de João Pedro e, caso esteja em condições físicas, Rafael Miranda.

Tozé seria outra opção para o lugar, ele que também se exibiu a bom nível na Taça de Portugal. Porém, o internacional sub-21 português foi utilizado mais atrás, ao lado de João Aurélio, e parece estar em desvantagem na luta com Bernard pela vaga que até agora tem sido de Hurtado.


Autor: José Miguel Machado