Estava previsto que Dias da Cunha e Soares Franco, antigos presidentes do Sporting, fossem hoje ouvidos pela Comissão de Audição no âmbito da auditoria de gestão às contas dos seus mandatos, mas as respetivas reuniões foram adiadas.

Dias da Cunha, já se sabe, considerou esta comissão de "disparatada e sem sentido", tendo avisado que não marcaria presença na audiência que lhe estava destinada. Soares Franco, por seu lado, pediu adiamento e, por isso, aguarda agora que seja definida uma nova data para esclarecer algumas decisões do seu mandato (2005/2009). Anteontem, recorde-se, fora José Roquette a ser ouvido pela Comissão de Auditoria, numa reunião que decorreu em Alvalade e contou ainda com a presença de Bruno de Carvalho e Jaime Marta Soares – presidente da Mesa da Assembleia Geral –, entre outros.

A recusa de Dias da Cunha não pode ser alvo de qualquer sanção por parte da Comissão de Audição. Já o pedido de adiamento requerido por Soares Franco determina apenas e só a marcação de uma nova reunião para que se possa ouvir este antigo presidente neste âmbito.