Às treze (!) baixas (onze por lesão mais duas por motivos burocráticos), Tuchel já pode descontar duas: Piszczek e Sokratis. No entanto, só o lateral polaco deve ser titular, uma vez que o treinador não está disposto a arriscar o central grego. "Estão os dois francamente melhores e já trabalharam sem queixas. Continuando assim, serão opção", assumiu Tuchel, não escondendo a apreensão perante a ‘pandemia’ de lesões que lhe condiciona as escolhas. "É preocupante, tanto a frequência como a quantidade. Não há um motivo único, cada caso é um caso. A equipa sente falta de cada jogador, sobretudo no treino. Não podemos perder a confiança", avisou.

A vaga de lesões obriga a nova remodelação. Por não querer 'arriscar' Sokratis, Tuchel deverá apostar em Ginter; sem Schmelzer - a mais recente baixa - será Passlack, lateral-direito, a jogar... à esquerda.

Park e Merino a fazer número

Jo-Hoo Park e Mikel Merino estão em Lisboa, não estão lesionados... mas não vão jogar. Record testemunhara a estranheza causada pela inclusão destes jogadores na comitiva, anteontem, no aeroporto, quando alguns adeptos do Borussia questionavam se Merino e Park estavam, afinal, inscritos na Champions. A situação levou a esclarecimento do clube, confirmando que esta dupla não está registada, mas viajou para compor o grupo nos treinos de ontem - no Jamor, de manhã; em Alvalade, à tarde.