Record - Admitiu publicamente que Jorge Jesus o marcou, mas fez questão de nunca permitir comparações. Foi uma necessidade?

Paulo Fonseca - Tive muitos treinadores e alguns marcaram-me imenso. Agora aquele com quem aprendi mais a nível tático e com quem ganhei este interesse pela função de treinador foi com o Jesus! Já naquela altura ele estava muito avançado para a época e aprendi muito com ele. Agora se me perguntarem se quero ser como ele... Longe disso! Tenho as minhas ideias, que fui construindo, e não são parecidas com as do Jorge Jesus.

Autor: Vanda Cipriano