Olhando para os cinco golos em seis jogos que Bas Dost tem com a camisola do Sporting, percebemos que é em Gelson Martins que o internacional holandês tem o melhor ‘assistente’.

Deste total, contam-se dois passes para golo do jovem português, um diante do Rio Ave e o outro frente ao Estoril: em Vila do Conde, o camisola 60 assistiu o avançado de cabeça, enquanto com a equipa de Fabiano Soares procurou a linha para centrar atrasado, fora do campo de ação dos defesas canarinhos.

No primeiro golo pelos verdes e brancos, em Alvalade, no triunfo por 3-0 diante do Moreirense, a jogada nasce desde a direita, com Schelotto a colocar a bola na área. Depois de um primeiro remate falhado – e já no chão –, Dost fez abanar as redes adversárias.

Faltam duas assistências, ambas ‘vindas’ do meio-campo: também contra o Estoril foi William Carvalho, após jogada individual, a colocar a bola nas costas da defesa, aproveitando o holandês para bater o guardião José Moreira pela segunda vez. O último passe para golo nasceu de Adrien, capitão do Sporting que no encontro da Champions, diante do Legia, encontrou o 28 em posição legal, tendo este apenas que encostar de primeira.

Uma nota para referir que nas vezes em que Gelson Martins assistiu Bas Dost, o ponta-de-lança marcou sempre de cabeça. É uma das melhores armas que tem à disposição da equipa, fruto dos seus 1,96 metros.


Autor: Bruno Fernandes