Jesualdo Ferreira foi ontem ao balneário do Sporting, na Academia de Alcochete, antes do treino da tarde, explicar a jogadores (e equipa técnica, com quem já se tinha reunido) quais as suas ideias para aquilo que resta da temporada 2012/13.

O novo manager do futebol dos leões utilizou um discurso duro, mas realista, em linha com as palavras que tem proferido desde que assumiu o cargo, nomeadamente no dia da sua apresentação. O Sporting tem de sair, definitivamente, da atual crise foi uma das ideias que o professor repetiu no encontro de ontem, o primeiro com os jogadores desde que iniciou funções. Jesualdo deixou, pelo meio, o aviso de que tal só será possível com o empenho de todos, dirigentes, técnicos e futebolistas, a quem exigiu uma atitude diferente dentro de campo – mais responsável, empenhada e dedicada.

Os jogadores ouviram Jesualdo Ferreira com toda a atenção e terão retirado as devidas ilações, porque também eles querem colocar um ponto final na dinâmica negativa que se instalou no clube de Alvalade. Record sabe que as primeiras impressões quanto ao novo manager foram positivas. O grupo de trabalho gostou do conteúdo do discurso e apreciou a forma como Jesualdo, 66 anos, procurou transmitir as suas ideias, numa intervenção de grande exigência e ao mesmo tempo de confiança no futuro.

Seguiu treino

O novo manager leonino optou por não ter, nesta fase, conversas individuais ou apontar o dedo a este ou aquele elemento. Jesualdo entende que falar para o grupo é uma forma de responsabilizar e, em simultâneo, motivar todos os elementos da equipa. Terá de ser a equipa, internamente, a reencontrar o caminho do sucesso.

De resto, estiveram presentes na academia todos os jogadores do plantel, que ontem retomaram os treinos após o período de férias natalícias. Jesualdo Ferreira acompanhou, depois, o treino dirigido por Franky Vercauteren.

Abordagem cautelosa ao mercado

• O novo homem forte do futebol dos leões teve ontem o primeiro contacto com os jogadores, mas na verdade há mais de uma semana que está a trabalhar nos vários dossiês do plantel, desde logo entradas e saídas. Na sua apresentação, Jesualdo Ferreira fez questão de salientar que o Sporting terá de recriar-se com a base existente (e o recurso à equipa B) e que será necessária uma abordagem cautelosa ao mercado. Até porque... “fazer sair jogadores implica a entrada de outros. E para isso é preciso dinheiro”.

Presidente também foi a Alcochete

• Godinho Lopes fez questão de acompanhar ontem o regresso da equipa ao trabalho depois da pausa de Natal, e designadamente a apresentação de Jesualdo Ferreira aos jogadores. O presidente leonino, 60 anos, esteve sempre próximo do novo manager e terá tido, igualmente, oportunidade de se dirigir ao plantel, no balneário da academia. Apesar de terem circulado rumores de que Elias teria falhado o primeiro treino após o Natal, fonte do Sporting garante que todos os jogadores (incluindo o brasileiro) responderam à chamada.


Temas