Nove jogadores lesionados, dois em dúvida para amanhã, três jogos consecutivos sem vencer e apenas um ponto de vantagem sobre os leões na fase de grupos da Liga dos Campeões. O Borussia Dortmund está longe de ser o ‘papão’ que o sorteio prometera e o Sporting tem pela frente uma oportunidade única de bater um rival teoricamente mais forte e marcar posição na luta pelos oitavos-de-final... e dos 6 milhões de euros que esta proeza garante.

Se Jorge Jesus tem a lamentar a ausência do seu capitão, Thomas Tuchel ainda está à procura de um antídoto capaz de travar a pandemia de lesões que se instalou no balneário. O Borussia está num dos piores momentos dos últimos anos e a vaga de lesões já teve reflexo nos resultados da equipa, que acumula três jogos sem vencer, ainda que o primeiro deles tenha sido o empate com o Real Madrid (2-2), a preceder uma derrota em Leverkusen (2-0) e novo empate caseiro com o Hertha Berlim (1-1).

Reus e Schürrle serão, em teoria, as ausências mais sonantes. Não jogam em Alvalade, onde o Borussia também não apresentará outros elementos de valor inquestionável como Subotic, Bender, Schmelzer, Castro ou Ramos. Piszczek e Sokratis podem dar boas notícias a Tuchel: lateral e central estão convocados mas só hoje saberão se estão em condições de ajudar uma equipa que conta ainda mais duas baixas de relevo: Mikel Merino e Joo-Ho Park, fizeram a estreia no último jogo da Bundesliga mas não estão inscritos da Champions. Nas fragilidades desta presa, pode estar a sorte do leão.

Números

6 milhões de euros é o Sporting pode ganhar através da qualificação para os oitavos-de-final. Para tal, será determinante conquistar pontos nos dois jogos com o Borussia Dortmund. Até agora, os leões já arrecadaram 14 M€ pela presença na fase de grupos, mas 1,5 M€ pelo triunfo sobre o Legia. 

9 jogadores do Borussia Dortmund indisponíveis para o primeiro dos dois confrontos com os leões. A lista de lesionados ascende a 11 jogadores, mas Piszczek e Sokratis estão em Lisboa e ainda podem recuperar.


Autor: António Adão Farias