Carlos Barbosa não poupa as críticas ao discurso de Jorge Jesus antes do jogo com o Rio Ave, sublinhando que, agora depois da derrota em Vila do Conde (3-1), o treinador do Sporting "caiu à terra".

"Jorge Jesus caiu à terra e percebeu que não é ele a estrela, mas sim os jogadores. Não percebo porquê é que a equipa principal não entrou toda no início para garantir o resultado e se estivessem cansados faziam-se substituições ao intervalo. Mas ser treinador de futebol é uma ciência oculta, só eles é que sabem", afirmou o antigo dirigente leonino á Rádio Renascença

E prosseguiu: "Não consigo perceber palavras de Jorge Jesus. Em Madrid, o melhor foi ele e em Vila do Conde os culpados foram os jogadores. Temos uma equipa excecional que tem mostrado isso nestas jornadas. A culpabilização [aos atletas] não lhe fica bem, quado a vitória que foi quase nossa em Madrid pertencia aos nossos jogadores e não a Jorge Jesus".


O antigo vice-presidente do Sporting sublinhou ainda que a derrota frente ao Rio Ave não era "esperada". "A defesa parecia manteiga. Os jogadores do Rio Ave entraram por ali dentro de uma forma inacreditável. Pode ter sido apenas um dia mau e agora há que seguir em frente", concluiu.

Autor: Sofia Lobato