Bruno de Carvalho voltou a sublinhar esta segunda-feira a vontade de "conquistar tudo, em todas as modalidades, a nível nacional e obter várias conquistas no plano europeu" esta época. Um dia após a derrota em Vila do Conde frente ao Rio Ave (3-1), o presidente do Sporting frisou a importância do "12.º jogador" não esquecendo os maus momentos que os verde e brancos terão de ultrapassar.

"Não faremos sempre tudo bem. Havemos de várias vezes chorar e rir em conjunto, mas a vida é feita desses momentos. As nossas paixões têm estes pontos que parecem tão distantes mas que são tão próximos. E quem ama está lá sempre! Nos dias de sol e nos dias de chuva, nos dias de felicidade e nos dias de tristeza, sempre juntos e nem a morte será capaz de nos separar. Quando se faz um trabalho sério temos de estar ao lado dos nossos profissionais. E o trabalho que está a ser feito é sério, com uma dignidade e rigor que têm de ser sempre o apanágio do nosso Clube. E esse trabalho é por todos reconhecido", escreveu o dirigente na sua página de Facebook, depois de apontar o panorama atual dos leões.

"A Taça de Honra em futsal é nossa e a Elite Cup em hóquei em patins foi ganha com uma mestria que não se via à décadas. No andebol, as vitórias vão-se sucedendo e no futebol estamos no topo cumprindo a nossa ambição. Nas restantes modalidades estamos a preparar equipas para os nossos objectivos e, nos desportos individuais, as conquistas diárias continuam. Mas para atingirmos estas metas tivémos de nos rodear dos melhores. Dos melhores treinadores, do melhor staff e dos melhores atletas. E isso só foi conseguido com muito Esforço, Dedicação e Devoção. Mas isso não chega! Para estes objectivos, à dimensão do Grande Sporting Clube de Portugal, precisamos de trazer mais sócios para o Clube, de fazer aumentar exponencialmente a nossa já enorme familia. Precisamos do 12º jogador com uma dinâmica e dimensão nunca antes vistas. E essa fasquia está muito alta, pois já somos os melhores adeptos da Europa!".


E apelou: "Esta época necessitamos, novamente, do 12º jogador ainda mais forte, ainda mais sereno, confiante, unido, vibrante, contagiante e a ser sempre aquele factor extra que, em cada estádio, recinto, pavilhão, pista ou piscina, nos faz vencer, nos faz superar e fazer mais e melhor".

Autor: Sofia Lobato