Mais do que destacar a importância do triunfo alcançado em Lisboa, os responsáveis do Borussia Dortmund mostraram-se indignados com aquilo que dizem ter sido a "falta de fair play" do Sporting. Em causa está um lance já perto do final, em que os leões continuaram a jogar depois de o guarda-redes Roman Bürki ter colocado a bola fora para que o central Sokratis pudesse ser assistido.

O diretor desportivo do Borussia Dortmund, Michael Zorc, garante que nunca viu "nada parecido em 30 anos de futebol". "Não houve fair play, houve confusão", atirou o dirigente alemão.

"É uma pena que quando atirei a bola para fora e o Sokratis estava no chão, o Sporting simplesmente continuou a jogar. Nunca vi nada assim", afirmou o guarda-redes Bürki. O treinador Thomas Tuchel também lamentou, mas colocou a culpa no árbitro esloveno Damir Skomina. "O adversário pode continuar a jogar, mas esperava que, sendo um defesa, o árbitro fosse verificar o estado do jogador antes de mandar jogar", afirmou.

É por isto que o Borussia Dortmund está a acusar o Sporting de falta de fair play

É por isto que o Borussia Dortmund está a acusar o Sporting de falta de fair play


Autor: João Lopes