O treinador do Vitória de Setúbal, José Couceiro, quer fazer um resultado positivo no sábado, frente ao Sporting Braga, em jogo referente à 6ª jornada da Liga NOS, após a derrota com o Paços de Ferreira (1-4).

"Tivemos um percalço. Não há melhor psicólogo do que ganhar jogos. Quando há derrotas, a equipa tem vontade de mostrar que tem mais valor. Vamos ter de reagir e mostrar que temos qualidade", disse em conferência de imprensa.

Em situação idêntica, lembra o técnico dos sadinos, estão os bracarenses, que também vêm de um desaire (3-1) no reduto do líder Benfica.


"Tal como nós, vão querer inverter o último resultado. Esperamos um Braga forte e de qualidade. Tem muitas soluções, estão bem orientados e foi uma das equipas que, nos últimos tempos, mais se aproximou dos 'três grandes', sublinhou.

Frente aos minhotos, José Couceiro assumiu que "é natural que não jogue o mesmo 'onze' e disse que é preciso perceber os erros cometidos, nomeadamente a nível individual, mas sublinhou que não avalia os jogadores apenas pelo último jogo.

"As alterações estão relacionadas com o Sporting de Braga e não com o Paços de Ferreira. Não há responsabilidades isoladas, o problema foi coletivo. Não deixamos cair ninguém por uma situação menos feliz", assegurou.

À exceção do defesa Toni Gorupec, que recupera de lesão, José Couceiro tem toda a equipa disponível. A equipa viaja hoje ao início da tarde para o Norte do país, realizando um treino na manhã de sábado.

O jogo entre Sporting de Braga, quarto classificado, com 10 pontos, e Vitória de Setúbal, oitavo, com oito, realiza-se sábado, às 20:30 horas, no Estádio Municipal, em Braga, com arbitragem de Fábio Veríssimo, da Associação de Futebol de Leiria.

Autor: Lusa