No jogo de abertura da oitava jornada da Liga NOS, o Nacional desloca-se a Paços de Ferreira onde Roniel irá reencontrar a equipa que representou em 2015/16, por empréstimo do Grêmio Anápolis. O avançado brasileiro garante que este será um jogo "especial" e "difícil", e salienta a "importância de voltar a ganhar" após a derrota com o FC Porto para o campeonato (0-4).

"Para eu que joguei lá na última época é umu jogo especial e agora estou a vestir a camisola do Nacional. Tenho muitos amigos por lá, mas dentro de campo não há amizades. Queremos ir lá e sair com os três pontos", apontou na conferência de imprensa de antevisão à partida que se disputa na sexta-feira.

A ganhar confiança

Roniel foi titular pela primeira vez esta temporada na Taça de Portugal e até marcou um golo ao Estarreja, na vitória por 3-1 ante a equipa do Campeonato de Portugal Prio. O futebolista, de 22 anos, assume que o "jogo foi fundamental" a nível pessoal.

"Senti-me bem, feliz pelo golo mas ainda mais feliz pela vitória. Foi um começo difícil para mim porque só fiz três jogos. Agora fiz estreia a titular foi com o Estarreja. Fiz a minha parte e estou à disposição do treinador. Tenho de trabalhar mais a cada dia para ser opção", sustentou.

Autor: Flávio Miguel Silva