O Marítimo anunciou esta segunda-feira, através da sua página oficial, aquilo que Record já adiantara em primeira mão. Chegou a acordo com o técnico Paulo César Gusmão, para colocar um ponto final na ligação com o treinador brasileiro contratado no arranque desta temporada.

Eis o comunicado divulgado pela SAD do clube madeirense:

"O Marítimo da Madeira Futebol SAD informa que chegou a acordo com o treinador Paulo César Gusmão para a rescisão do contrato que unia as duas partes. Um acordo celebrado de forma digna, sem custos acrescidos para a instituição, e que revela o entendimento e profissionalismo máximo que sempre expressou o técnico quando ao serviço do Marítimo


O Marítimo da Madeira Futebol SAD lamenta este desfecho mas outro não era possível, atendendo a uma série de contigências, ao que não foi alheio algo incompreensível para o próprio Paulo César Gusmão, nomeadamente o não reconhecimento pelas instâncias devidas do seu percurso enquanto técnico, sem a correspondente equivalência em Portugal, mesmo apresentando no currículo vários títulos.

Tendo sempre presente os superiores interesses do Marítimo da Madeira Futebol SAD, e atendendo aos resultados até ao momento verificados nesta temporada de 2016/2017, a Administração reconhece a falha da sua aposta, feita, obviamente, na perspectiva do melhor para as cores maritimistas. Neste sentido, reafirmarmos toda a confiança no plantel para o (muito) que resta desta temporada desportiva e agradecemos todo o apoio da nossa extraordinária massa associativa já no próximo jogo, domingo frente ao Tondela, na busca daquilo que importa: a vitória.

Ao prof. Paulo César Gusmão e ao seu adjunto Jorge Soter registamos todo o profissionalismo evidenciado quando ao serviço do Marítimo da Madeira Futebol SAD e desejamos-lhes os maiores sucessos."


Autor: João Lopes