A conferência de imprensa do FC Porto desta segunda-feira, de antevisão ao duelo com o Club Brugge, ficou marcada por dois momentos insólitos. É que, quando Ivan Marcano respondia aos jornalistas presentes, a tradutora destacada para aquele ato pediu ajuda a Nuno Espírito Santo para lhe traduzir para português a resposta, para que, de seguida, a reproduzisse em flamengo. Foi assim em duas situações, com o técnico portista a aceder ao pedido sem grandes problemas.

Autor: Fábio Lima