Nuno Espírito Santo reafirmou esta segunda-feira que o jejum de títulos que o FC Porto atravessa é demasiado longo e tem de acabar. O técnico apontou a mira a uma nova época de sucessos.

"É um ciclo que temos obrigação de terminar. O FC Porto não pode estar três anos sem ganhar títulos. É uma realidade. Cabe-nos a nós quebrar este ciclo e tentar um novo ciclo de vitórias e sucesso", explicou em conferência de imprensa, quando confrontado com as palavras de Michel Preud'Homme, que disse que o FC Porto continua forte e que foram os rivais a elevar o nível nos últimos anos em Portugal.

Precisamente sobre o antigo guarda-redes, agora técnico do Club Brugge, que os dragões vão defrontar na terça-feira, Nuno deixou elogios: "Foi uma pessoa e um guarda-redes que marcou uma época no futebol português. Um forte abraço e amanhã espero cumprimenta-lo e trocar algumas palavras".

Autor: Luís Miroto Simões