Nuno Espírito Santo mostrou-se naturalmente satisfeito com o triunfo frente ao Boavista, por 3-1, ainda que reconheça que existe ainda trabalho a fazer para a formação dos dragões chegar ao nível que pretende.

"Temos que melhorar bastante em certos aspectos do jogo. A equipa precisa de ser mais efetiva. O lance do golo não pode acontecer, foi uma desconcentração nossa. Após isso, a equipa não se descompôs, teve quase 80% de posse, conseguiu virar o resultado e a vantagem ao intervalo era justa", realça.

"Após o empate em Tondela, hoje tínhamos que ganhar. Os adeptos presentes no Dragão empurraram a equipa. A equipa está em crescimento, cada vez com processos mais consolidados e agora vamos pensar no duelo na Champions, frente ao Leicester", acrescentou o técnico, satisfeito com o rendimento de Adrián López, pela primeira vez titular na presente edição da Liga NOS.


"Ter dois avançados é uma das estratégias que temos vindo a trabalhar. O Adrián é mais uma opção, esteve bem, tal como o André Silva, que também está em crescimento. Os golos vão aparecendo", sustentou.