O destaque no treino do FC Porto na manhã desta terça-feira foi a presença de Maxi Pereira no relvado a treinar com bola, quase um mês depois de se ter lesionado no jogo da segunda mão do playoff de acesso à Liga dos campeões, diante da Roma.

O internacional uruguaio foi integrado no grupo de futebolistas às ordens de Nuno Espírito Santo, sinal que deverá estar apto em breve. Maxi Pereira ficou lesionado no tornozelo direito na sequência de uma entrada dura de Daniele de Rossi, que acabaria expulso.

Na sessão de trabalho à qual assistiu o presidente da SAD portista, Jorge Nuno Pinto da Costa, não estiveram João Costa (guarda-redes) e Chidozie (defesa-central), que se treinaram com o grupo de futebolistas da equipa B.

Autor: Rui Sousa