Depois de ter desfrutado de alguns minutos em campo frente ao Nacional, Maxi Pereira vai fazer parte das escolhas iniciais de Nuno Espírito Santo no jogo desta noite. O lateral, de 32 anos, esteve afastado da competição durante cinco semanas, devido a uma lesão na perna direita sofrida na 2ª mão do playoff da Liga dos Campeões, e com esse problema acabou por perder a titularidade para Miguel Layún, no lado direito. Com a Taça de Portugal a abrir espaço a jogadores que necessitam de ganhar ritmo em competição, o uruguaio tem lugar garantido.

À frente de José Sá, que fará a sua estreia absoluta na equipa principal do FC Porto depois de ter chegado em janeiro deste ano, deverão estar ainda os centrais Chidozie, Boly, além do lateral Alex Telles, este o único habitual titular a constar das opções iniciais do treinador. Além de um meio-campo que deverá ficar a cargo de Evandro e Sérgio Oliveira, Nuno Espírito Santo está em condições de apresentar um ataque onde Varela e João Teixeira, outra estreia oficial pelos dragões, deverão prestar no apoio aos homens mais adiantados, o espanhol Adrián López e o belga Laurent Depoitre.

Um conjunto de segundas escolhas com qualidade e experiência para cumprir a obrigação nesta eliminatória.


Autor: Rui Sousa