Autor do golo que iniciou a reviravolta do FC Porto em casa do Club Brugge, o mexicano Miguel Layún admitiu que o encontro na Bélgica não foi fácil, mas que a crença dos jogadores ajudou a volta por cima.

"Não foi um jogo fácil. O Brugge começou bem, motivado pelo apoio do seu público e depois, infelizmente, um erro individual meu permitiu-lhes sair na frente do marcador", começou por lamentar o jogador mexicano.

"Nunca desistimos e desde o momento em que começámos a pressionar alto e não lhes permitimos sair a jogar foi uma questão de tempo até chegarmos ao golo. Depois, com a questão anímica a nosso favor conseguimos dar a volta ao jogo", explicou.

Agora, com 4 pontos, os dragões estão empatados com o Copenhaga, no segundo posto, uma posição que motiva o mexicano: "O contexto agora está mais favorável, mas ainda não está nada garantido e temos de continuar focados nos jogos que restam".

Autor: Fábio Lima