Danilo Pereira destacou a dinâmica como o factor determinante para a reviravolta do FC Porto frente ao Boavista, no triunfo, por 3-1, no Estádio do Dragão.

"Era importante dar resposta à altura depois das últimas escorregadelas. Correspondemos às expectativas, apesar de termos tido uma entrada em falso. Sofremos o golo de bola parada, mas nos minutos seguintes conseguimos apresentar uma dinâmica muito elevada e dar a a volta ao resultado", frisou o internacional português, que abordou de seguida as experiências táticas de Nuno Espírito Santo e o seu papel no onze dos dragões.

"Jogar com um companheiro ao meu lado? Dá-me mais jeito estar sozinho, pois consigo dominar mais o meu espaço, mas o que interessa é poder dar o meu contributo à equipa, seja de que forma for", sublinhou.



Autor: Ricardo Granada