Os jogadores portugueses foram os segundos que mais dinheiro movimentaram em transferências para os cinco principais campeonatos da Europa. Os dados são do Transfer Matching System (TMS), mecanismo da FIFA que monitoriza todas as transferências internacionais.

No relatório divulgado, é possível ver que os clubes dos campeonatos top-5 gastaram um total de 205 milhões de euros para contratar jogadores portugueses. Apenas uma nacionalidade gerou mais dinheiro: a francesa, com um total de 360 milhões de euros.

Total de gastos por nacionalidade

Há, no entanto, um pormenor que acaba por ser importante para destacar o papel dos jogadores 'made in' Portugal neste mercado de verão. Houve 164 franceses contratados, ao passo que o número de jogadores lusos não surge nos 5 primeiros (sabe-se apenas que é inferior aos 68 do Brasil). Isto é: cada jogador português foi, em média, mais caro do que cada francês.





Autor: Sérgio Krithinas