Na antevisão da partida com o Benfica, o treinador do Dínamo Kiev, Serhiy Rebrov, descreveu o campeão português como uma "equipa forte", e assinalou que para vencer o jogo de quarta-feira, referente à 3.ª jornada do Grupo B da Liga dos Campeões, não pode estabelecer objetivos.

"Não creio que possa dizer que quero conquistar três ou quatro pontos nos próximos dois jogos com o Benfica. Temos de pensar no jogo de forma responsável", afirma o técnico que, no entanto, pareceu desconhecer que Rui Vitória já é treinador do Benfica há mais de um ano: "O Benfica é uma equipa forte e o primeiro classificado do campeonato português. Mudou de treinador mas isso não quer dizer nada pois continua a ser uma equipa forte".

Confrontado ainda sobre o momento da sua equipa após o empate registado no passado sábado, o Rebrov repartiu as culpas por todo o grupo. "A responsabilidade é sempre coletiva. Perdemos dois pontos e a culpa é de todos", assinalou o técnico que ainda foi confrontado pelos jornalistas ucranianos pelo excesso de veterania da defesa encarnada: "Isso só significa que são mais experientes".


Autor: Vanda Cipriano