O Conselho de Disciplina da FPF instaurou um processo disciplinar a Rui Costa em resultado de uma participação de um instrutor da Comissão de Instrutores da Liga. Em causa estão ainda os incidentes ocorridos no final do Arouca-Benfica, relativo à 4ª jornada da Liga NOS, e que já tinham motivado a 13 de setembro a abertura de um processo ao administrador da Benfica SAD e ao diretor desportivo do emblema arouquense, Joel Pinho, o qual não está ainda concluído.

No decorrer das inquirições, foi relatado ao instrutor da Liga um episódio que envolveu Rui Costa e o médico do Arouca, José Cândido Dias Costa, facto que motivou este novo processo. O CD da FPF tinha emitido um comunicado sem anunciar o alvo deste procedimento, mas Record apurou junto de fonte relacionada com o processo que se trata de Rui Costa.