Luís Filipe Vieira não teve dúvidas ao assumir, em entrevista à TVI este mês, que Jiménez "vai ser a venda mais cara do futebol português". O presidente dos encarnados reconhecia que os 22 milhões de euros investidos na contratação do mexicano, no ano passado, foi um bom investimento dos encarnados, premissa reiterada esta quarta-feira por Domingos Soares Oliveira.

"O perfil de jogadores contratados pelo Benfica tem a ver com o rendimento desportivo e a possibilidade de os valorizar, para os vender mais à frente. Mas não contratamos jogadores de 28, 29, 30 anos, apenas pelo rendimento desportivo. O Jiménez enquadra-se nesse perfil, mas poderíamos falar de qualquer outro", afirmou o administrador da SAD esta tarde na apresentação das contas 2015/16.

Com estes resultados positivos, será assim possível ver o Benfica a contratar mais jogadores de 20 milhões? Soares Oliveira jogou à defesa: "Se essa necessidade existir, mas, como o presidente referiu, nós fazemos um trabalho muito grande de análise de jogadores que têm 14/15 anos, no Caixa Futebol Campus, e quase todas as posições estão preenchidas. Vejo mais isso como uma exceção e não a regra".


O administrador da SAD sublinhou ainda que não havia expectativa de transaccionar mais jogadores neste mercado de transferências que fechou em agosto.

"Fizemos as vendas que fizemos e viu-se que o valor que alcançámos foi muito idêntico ao do ano passado. Não havia razão para termos necessidade de fazer mais vendas".

Autores: António Varela e Sofia Lobato