Rui Gomes da Silva assegurou esta segunda-feira que nunca será candidato à presidência do Benfica numas eleições em que defronte Luís Filipe Vieira. O vice-presidente encarnado, que deixa o cargo a 27 de outubro, respondeu com... cores quando questionado sobre o assunto.

"Nunca serei oposição a Luís Filipe Vieira. Nunca serei oposição à direção do Benfica. Nunca serei candidato contra Luís Filipe Vieira. A não ser que Luís Filipe Vieira queira que o Benfica equipe de azul ou verde às riscas ou coisa parecida – e estamos a falar no campo das hipóteses não verificáveis – , a ver se de uma vez por todas nunca mais me fazem essa pergunta: nunca concorrerei contra Luís Filipe Vieira", repetiu Gomes da Silva no programa O Dia Seguinte, da SIC Notícias.

O dirigente explicou ainda o momento em que acordou com Vieira o facto de não integrar a lista da recandidatura: "Tive uma conversa com o presidente na terça-feira passada, estive hora e meia duas horas numa conversa em que acabámos a discutir tudo. Penso que o presidente Luís Filipe Vieira não me levará a mal se eu aqui revelar que essa conversa terminou com um grande abraço entre dois amigos, de pessoas que independentemente de se entenderem ou não no que era o melhor para o Benfica, acharem que aquele momento, por consenso, deveria acabar assim".

Autor: Luís Miroto Simões