O Sporting vai apresentar uma exposição à UEFA sobre o caso dos vouchers, que se refere a ofertas do Benfica a árbitros, delegados e observadores nos jogos em casa dos encarnados. A informação foi avançada pelo diretor de comunicação dos leões, Nuno Saraiva, através da sua página de Facebook.

"Após ter sido dado como provado que estas [as ofertas] existiam, e de ter sido assumido pelo próprio Benfica e pela FPF de que as ditas 'ofertas' se estendiam também às competições europeias, e por não sabermos se esta práctica se mantem hoje em dia, entendemos fazer, também no tempo próprio, uma exposição à UEFA", afirmou o responsável, garantindo que o faz "sempre a bem do futebol e da verdade".

Os leões referem-se de forma indireta à carta que o Benfica escreveu a Fernando Gomes, onde pediu a abertura de um processo de averiguações e também que fosse solicitado à UEFA que fizesse o mesmo. "Importa também esclarecer o seguinte: o Sporting CP, no tempo próprio, fez as participações às instâncias do futebol português que entendeu obrigatórias, perante a informação de que dispunha, relativamente às 'ofertas' feitas aos árbitros, observadores e delegados nas competições nacionais", garante Nuno Saraiva.


Autor: Sérgio Krithinas