A Assembleia Geral da Académica originalmente convocada para a próxima sexta-feira, dia 21, foi desconvocada pelo presidente da Mesa. Esta reunião magna dos sócios da Briosa destinava-se não só à votação da proposta de orçamento para a temporada 2016/17, da responsabilidade da direção de Paulo Almeida, mas também à apreciação das contas deixadas pela anterior equipa diretiva, liderada por José Eduardo Simões.

Segundo comunicado datado de 14 de outubro e assinado pelo presidente da Mesa da Assembleia Geral, João Vasco Ribeiro, e pelo presidente da Direção, Paulo Almeida, "a anterior direção não disponibilizou toda a documentação necessária para o encerramento das contas, o que deveria ter ocorrido em abril, bem como em junho".

Esta falta de documentos obrigou a direção recém-eleita "a um trabalho de raiz, na validação dos elementos disponíveis, na recolha e verificação dos documentos de suporte e no tratamento das recomendações evidenciadas", o que impediu que a documentação ficasse disponível para consulta dos sócios nos prazos ditados pelos estatutos.

A nova data para a Assembleia Geral deverá ser conhecida ainda durante esta segunda-feira.

Autor: João G. Oliveira