Os três pontos somados pelo Arouca nas primeiras cinco jornadas da 1ª Liga equivalem ao pior arranque desde que o clube milita no escalão maior. Nas duas primeiras campanhas (2013/14 e 2014/15), Pedro Emanuel somou 6 e 7 pontos em igual período, enquanto no ano passado Lito Vidigal somou 8. Este mau início de trajeto explica-se, em parte, pela histórica presença na Liga Europa, que obrigou o grupo a submeter-se a um desgaste a que não estava habituado. Isto para além das mexidas do mercado, que deixaram o plantel fragilizado, como já disse Lito Vidigal.

Ainda assim, o presidente Carlos Pinho crê que a equipa dará a volta ao texto. "É claro que não estou contente. Queria muitos mais pontos e a equipa merecia mais. Não tem corrido bem ao Arouca, mas estou confiante que os jogadores vão dar uma resposta rapidamente e dar a volta à situação", disse a Record.

Autor: André Gonçalves