O Farense é o novo líder da Série H do Campeonato de Portugal Prio, beneficiando da vitória sobre o vizinho Louletano - garantida com boa dose de dificuldade - e de um conjunto de resultados favoráveis.

A expulsão de Pedro Vittori, aos 60’, numa entrada despropositada, ajudou a definir o jogo, pois a partir daí o Farense dispôs de mais espaços e acercou-se com mais perigo da baliza contrária, acabando por chegar ao golo num cruzamento/remate do traquejado Jorge Ribeiro.

Até à expulsão, o Louletano, com um futebol prático e escorreito, mostrou melhores argumentos e obrigou Caleb a três intervenções de elevado grau de dificuldade, com a bola a ‘beijar’ ainda, num outro lance, a trave da baliza do Farense.
A turma da casa criou perigo sobretudo em lances de bola parada, e na sequência de pontapés de canto Cássio e Neca desperdiçaram boas ocasiões, sendo visíveis as dificuldades do Farense para penetrar na bem escalonada defesa contrária.


A expulsão mudou o jogo: os espaços no meio-campo defensivo do Louletano finalmente apareceram e como consequência o golo. A experiência dos homens da casa foi depois determinante para gerir a vantagem, perante um Louletano que não se entregou.

Autores: Maria Vaz